Apresentação das oficinas da FRESS


Decisivo para o prestígio que a Fundação conquistou tem sido o trabalho realizado nas oficinas, quer em termos de reprodução de peças originais e criação de modelos próprios, quer no que respeita à conservação e restauro do património cultural.

As Oficinas da FRESS respeitam com mestria os materiais e métodos tradicionais, assegurando um elevado valor patrimonial e artístico aos bens assim produzidos. Desta forma, contribuem com a sua quota parte para o elevado desígnio desta Fundação e que se traduz na Arte de Saber Fazer.



Visitas Guiadas às Oficinas de Artes e Oficios
AS OFICINAS - A arte de saber-fazer

A mão-de-obra especializada e criativa existente nas oficinas faz parte de um património imaterial português de origem secular que lentamente vai desaparecendo mas que Fundação mantém vivo e tem sabido transmitir ao longo dos anos.

A qualidade do trabalho de preservação desenvolvido nas oficinas de artes decorativas tradicionais e a especial e rigorosa atenção dada à conservação e restauro do património histórico e artístico é única e reconhecida cientificamente.

A Fundação dispõe de 18 oficinas representando ofícios tradicionais relacionados com a arte de trabalhar a madeira, metais, têxteis, papéis e peles onde os Mestres e outros técnicos altamente qualificados asseguram um trabalho de excelência. Para lá das obras de arte e restauros produzidos a imagem das oficinas está, como sempre esteve, intimamente ligada à afirmação daqueles que ali trabalham.

Madeiras
Desde a preparação, a escolha e selecção das diferentes e muito variadas madeiras, incluíndo algumas exóticas, passando pela execução do molde e culminando na feitura final da peça e o seu cuidadoso acabamento, as oficinas de madeiras respondem com uma mestria única a todas as fases do processo de criação de uma obra nova de mobiliário ou de restauro de uma obra antiga.
Serração, Marcenaria, Talha, Embutidos, Polimento e Empalhamento


Metais
O trabalho dos metais começa pela sua fundição seja em latão, bronze ou prata, e passa por várias fases e técnicas até à obra final que pode adquirir as mais variadas formas e ser destinada a diversíssimas e utilizações.

Ao lado do trabalho rigoroso de serralharia e do minuncioso e requintado da cinzelagem, vê-se na latoaria o recurso a técnicas ancestrais com a utilização de ferramentas de longa tradição. E, coroando de beleza algumas obras a folha de ouro fino, produzida pelo Batedor de Ouro – oficina única no contexto mundial.
Fundição, Cinzelagem, Serralharia, Latoaria, Batedor de Ouro

Encadernação e Decoração de Livros
Nesta oficina “de outros tempos” o tratamento dado ao papel e ao livro é de grande excelência e de rara beleza. Desde a encadernação com sedas e peles várias e seleccionadas, à realização do requintado papel marmoreado e a minuciosa decoração a ouro fino, utilizando os mais artesanais métodos e motivos decorativos, os livros são obras de arte que têm aqui um tratamento muito especial, uma marca distintiva da arte de saber-fazer nesta Fundação.

Pintura Decorativa e Douramento

Trabalhos de pintura e de douramento incorporados em peças de mobiliário, em paredes e tectos pintados, ou em outros suportes, são realizados nesta oficina que produz não só novas obras como complementa o trabalho de conservação e restauro do Laboratório.

Os processos de douramento a ouro fino brunido e o pratear com prata fina, são hoje verdadeiras raridades com grande importância no conjunto do saber-fazer das artes tradicionais portuguesas.


Passamanaria, Têxteis e Estofador
A oficina de passamaria executa todo o tipo de adornos como franjas, galões, cordões ou borlas (entre tantos outros) com fios de seda, fioco, ouro, prata, bronze, algodão, etc. A mais-valia da qualidade de execução das peças de passamanaria é que elas dão, para lá da beleza cenográfica, coesão a determinado projecto, atribuindo-lhe forma, estrutura e, muitas vezes, profundidade a determinada divisão.

A oficina de têxteis, uma das mais antigas, cria com grande mestria tapetes de Arraiolos novos com lâs tingidas à moda antiga cumprindo também uma outra missão da Fundação: a de conservação e restauro de outros têxteis, tais como bordados e tapetes orientais - peças patrimoniais ou de coleccionadores particulares.

Na oficina do estofador executam-se trabalhos com técnicas, instrumentos e materiais ancestrais e processos de fabrico tradicional, dando à obra final um requinte e solidez dificilmente igualáveis.
Gabinete de Desenho

A par das oficinas e como seu complemento essencial o desenho funciona como suporte e orientação para a execução de moldes de obras novas ou para reprodução de modelos já existentes.

O desenho é feito com grande mestria e em escala real, tanto no seu todo como em pormenores decorativos e construtivos, incluindo ferragens, embutidos e talha para realçar o relevo dos ornamentos. Feito a lápis, o desenho é posteriormente digitalizado para mais facilmente ser salvaguardado e arquivado.

Oficina de Conservação e Restauro
Em complemento com as demais, a oficina de restauro coordena rigorosos trabalhos de os profissionais da Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva a executar intervenções no património artístico nacional e internacional, ou dedicando a sua atenção a trabalhos executados com a mesma mestria na recuperação de património móvel particular.

O conjunto de técnicos especializados e as novas tecnologias associados ao grande conhecimento das técnicas ancestrais fazem desta actividade uma referência nacional e internacional.

THE WORKSHOPS - The art of savoir-faire

The specialised and creative workmanship of our workshops forms part of the Portuguese century-old intangible heritage which is gradually disappearing but which the Foundation keeps alive and has been wisely transmitting over the years.
The quality of the preservation work carried out in the traditional decorative arts workshops and the special and meticulous attention and dedication given to the conservation and restoration of the historical and artistic heritage is unique and deserves unanimous scientific and international mention.
The Foundation has 18 workshops representing traditional handicrafts related to the art of working with wood, metals, textiles, paper, leather, etc. where the Masters and other highly qualified professionals ensure a work of excellence. In addition to the works of art and restoration produced, the image of the workshops is, as always, closely related to the assertion of those who work here.

Woodwork
Since the preparation, choice and selection of the different and quite varied types of wood, including some exotic wood, to the making of the mould and ending with the final crafting of the piece and its careful finishing, the woodwork workshops respond with unique mastery to all of the phases involved in the creation of a new piece of furniture as well as in the restoration of an antique:
Splitting, Cabinet-making, Inlay Work, Woodcarving and Polishing.

Metals
Metalworking starts with the casting, irrespective of whether we are dealing with brass, bronze or silver, and the metals undergo several stages and techniques before the final piece is produced, which may take on a variety of forms depending on the purpose for which it is made.
Alongside the meticulous work involved in metalworking and the refined and precise art of chiselling, tinwork requires the use of ancestral techniques and tools with a long tradition. And, to crown their beauty, some of the productions are covered with a thin gold leaf, produced by the Gold Beating workshop, the only one in Portugal:
Casting, Chiselling, Metalworking, Tinwork and Gold Beating.

Book-binding and Decoration
In this workshop of “days gone by”, the treatment given to the paper and to the books is of high quality and rare beauty. From the book-binding process itself, in which silk and a variety of leather is used, to the fabrication of the refined marble paper and to the meticulous gilding process, using artisanal methods and tools and decorative motives, the books are in themselves a work of art which is given very special treatment, a mark of distinction in the art of savoir-faire in this Foundation.

Decorative Painting and Gilding
Works of painting and gilding incorporated in pieces of furniture, in painted ceilings and walls or in other pieces are carried out in this workshop, which produces not only new artworks but also complements the Laboratory’s preservation and restoration work.
The extreme rarity of the burnished gilding or silver plating processes make them crucially important in the know-how of Portuguese traditional arts.

Textiles and Upholstery
The textile workshop – one of the oldest – is renowned for its mastery in the creation of new Arraiolos carpets with wool dyed using methods dating way back, thus complying with another of the Foundation’s missions: that of preserving and restoring other textiles, such as embroidery and oriental carpets – pieces from the national heritage and from private collections.
The workmanship produced in the upholstery workshop is executed using ancestral techniques, instruments and materials and traditional manufacturing processes, giving the final work a touch of refinement and soundness of unparalleled quality.

Drawing Office
On a par with the other Workshops and acting as a counterpart, the drawing office provides support and orientation for the execution of moulds of new pieces of for the reproduction of already existing models.
The piece is drawn with great precision to a full-size scale, as are the constructive and decorative details, including iron-fittings, inlays and woodcarving to bring out the relief of the ornaments. The drawing is made in pencil and is subsequently scanned to facilitate its safekeeping and filing.

 
 
Aconteceu na FRESS
Homepage |
ESAD |
FRESSFORMA |
Lojas |
Newsletter |
Contactos
Visualmágico graycell