Sala de Jantar

Apresenta-se esta sala animada por silhar de azulejos com larga cercadura de enrolamentos, e pelo tecto em madeira cujos panos ostentam pintura ornamental de rico cromatismo, datável entre o final do século XVII e a primeira metade do XVIII. Executado sensivelmente no mesmo período, o mobiliário é constituído por um armário-copeiro, uma meia-cómoda, duas mesas de encostar e outra de jantar, um relógio de caixa alta e um bem português conjunto de cadeiras com assentos e espaldares revestidos a couro lavrado.

A atenção do visitante deve centrar-se numa rara caixa de faqueiro e par de polvilhadores em porcelana da China com armas atribuíveis à família Mello Sampaio de Baçaím (antiga Índia Portuguesa), e no alargado conjunto de ourivesaria civil aqui exposto, abrangendo diversas tipologias relacionadas com o serviço de mesa, tais como as terrinas e as salvas de diferentes tipologias. Marcam igualmente presença os recipientes concebidos especificamente para as bebidas exóticas quentes cujo consumo se generaliza na época, nomeadamente as cafeteiras (café) e os bules (chá).

Partilhe
Sala de Jantar