Escultura

Não constituindo um núcleo muito numeroso, as esculturas conservadas no Museu oferecem contudo uma panorâmica diversificada neste domínio, remetendo quase exclusivamente para o universo religioso. Imagens de vulto em pedra ou madeira, crucifixos em marfim e presépios em terracota contribuem para o ambiente piedoso que vigora em algumas das divisões desta antiga casa nobre portuguesa, encontrando-se muitas vezes integradas em oratórios ou maquinetas. Mais coesa, com exemplares de maior ou menor erudição, é a pequena colecção de presépios e figuras de presépio que dá o nome a uma das salas.

Presépio

Portugal, século XIX (início) Terracota, papel, plantas secas Inv. 118 Protegidas por uma maquineta, as figuras que integram este presépio terão sido modeladas no início do século XIX por um [+]

Adoração dos Pastores

Silvestre Faria Lobo (1725-1785), Século XVIII (final) Terracota policromada Inv. 124 e 125 Estes dois grupos em terracota integraram na sua origem um presépio mais vasto, seguramente composto por dezenas [+]

Sagrada Família

Portugal, século XVIII (início) Terracota e madeira policromada, vidro Inv. 90 Executada em terracota ricamente estofada, esta representação da Sagrada Família tem como provável fonte de inspiração os Evangelhos Apócrifos [+]

São Pedro Papa

Portugal, século XVI Calcário com vestígios de policromia Inv. 91 Representação de São Pedro coroado com a tiara papal e sentado sobre um rectângulo monolítico. Fragmentada, a mão direita abençoa [+]

Santa Mártir

Mestre da Matriz de Alhadas (atrb.), Oficina de Coimbra (c. 1450-60) Calcário com vestígios de policromia Inv. 122 A palma do martírio que segura na mão direita permite-nos reconhecer esta [+]