As oficinas – A arte de saber-fazer

A mão-de-obra especializada e criativa existente nas oficinas faz parte de um património imaterial português de origem secular que lentamente vai desaparecendo mas que Fundação mantém vivo e tem sabido transmitir ao longo dos anos.

Madeiras

Desde a preparação, a escolha e selecção das diferentes e muito variadas madeiras, incluíndo algumas exóticas, passando pela execução do molde e culminando na feitura final da peça e o seu cuidadoso acabamento, as oficinas de madeiras respondem com uma mestria única a todas as fases do processo de criação de uma obra nova de mobiliário ou de restauro de uma obra antiga.

Embutidos, Empalhamento, Marcenaria, Polimento, Serração, Talha

Metais

O trabalho dos metais começa pela sua fundição seja em latão, bronze ou prata, e passa por várias fases e técnicas até à obra final que pode adquirir as mais variadas formas e ser destinada a diversíssimas e utilizações.

Ao lado do trabalho rigoroso de serralharia e do minuncioso e requintado da cinzelagem, vê-se na latoaria o recurso a técnicas ancestrais com a utilização de ferramentas de longa tradição. E, coroando de beleza algumas obras a folha de ouro fino, produzida pelo Batedor de Ouro – oficina única no contexto mundial.

Batedor de Ouro, Cinzelagem, Fundição, Latoaria, Serralharia

Encadernação e Decoração de Livros

Nesta oficina “de outros tempos” o tratamento dado ao papel e ao livro é de grande excelência e de rara beleza. Desde a encadernação com sedas e peles várias e seleccionadas, à realização do requintado papel marmoreado e a minuciosa decoração a ouro fino, utilizando os mais artesanais métodos e motivos decorativos, os livros são obras de arte que têm aqui um tratamento muito especial, uma marca distintiva da arte de saber-fazer nesta Fundação.

Encadernação

Pintura Decorativa e Douramento

Trabalhos de pintura e de douramento incorporados em peças de mobiliário, em paredes e tectos pintados, ou em outros suportes, são realizados nesta oficina que produz não só novas obras como complementa o trabalho de conservação e restauro do Laboratório.

Os processos de douramento a ouro fino brunido e o pratear com prata fina, são hoje verdadeiras raridades com grande importância no conjunto do saber-fazer das artes tradicionais portuguesas.

Douramento, Pintura decorativa

Passamanaria, Têxteis e Estofador

A oficina de passamanaria executa todo o tipo de adornos como franjas, galões, cordões ou borlas (entre tantos outros) com fios de seda, fioco, ouro, prata, bronze, algodão, etc. A mais-valia da qualidade de execução das peças de passamanaria é que elas dão, para lá da beleza cenográfica, coesão a determinado projecto, atribuindo-lhe forma, estrutura e, muitas vezes, profundidade a determinada divisão.

A oficina de têxteis, uma das mais antigas, cria com grande mestria tapetes de Arraiolos novos com lãs tingidas à moda antiga cumprindo também uma outra missão da Fundação: a de conservação e restauro de outros têxteis, tais como bordados e tapetes orientais – peças patrimoniais ou de coleccionadores.

Estofo, Têxteis, Passamanaria

Gabinete de Desenho

A par das oficinas e como seu complemento essencial o desenho funciona como suporte e orientação para a execução de moldes de obras novas ou para reprodução de modelos já existentes.

O desenho é feito com grande mestria e em escala real, tanto no seu todo como em pormenores decorativos e construtivos, incluindo ferragens, embutidos e talha para realçar o relevo dos ornamentos. Feito a lápis, o desenho é posteriormente digitalizado para mais facilmente ser salvaguardado e arquivado.

Oficina de Conservação e Restauro

Em complemento com as demais, a oficina de restauro coordena rigorosos trabalhos de os profissionais da Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva a executar intervenções no património artístico nacional e internacional, ou dedicando a sua atenção a trabalhos executados com a mesma mestria na recuperação de património móvel particular.

O conjunto de técnicos especializados e as novas tecnologias associados ao grande conhecimento das técnicas ancestrais fazem desta actividade uma referência nacional e internacional.

Definições de Cookies

A FRESS pode utilizar cookies para memorizar os seus dados de início de sessão, recolher estatísticas para otimizar a funcionalidade do site e para realizar ações de marketing com base nos seus interesses.

Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.
Estes cookies são necessários para permitir a funcionalidade principal do site e são ativados automaticamente quando utiliza este site.

Cookies Necessários Permitem personalizar as ofertas comerciais que lhe são apresentadas, direcionando-as para os seus interesses. Podem ser cookies próprios ou de terceiros. Alertamos que, mesmo não aceitando estes cookies, irá receber ofertas comerciais, mas sem corresponderem às suas preferências.

Cookies Funcionais Oferecem uma experiência mais personalizada e completa, permitem guardar preferências, mostrar-lhe conteúdos relevantes para o seu gosto e enviar-lhe os alertas que tenha solicitado.

Cookies Publicitários Permitem-lhe estar em contacto com a sua rede social, partilhar conteúdos, enviar e divulgar comentários.